Placas de rede

Quando eu comecei a trabalhar na prefeitura, há 10 anos, a maioria dos computadores tinha placas de rede como estas: conexão ISA, cabo par trançado "barra 10" (máximo de 10Mbits/s) e cabo coaxial.




Donkey Terminal
Alguns eram chamados de terminais burros: sem HD, davam boot pelo chipset da placa de rede, carregavam um terminal de rede Novell e acessavam o sistema. Antigamente era o que bastava.
Lembro que, já com várias máquinas Windows, a rede Novell ainda funcionava e havia um terminal burro ainda vivo no CPD. Por um bom tempo ele teve uma utilidade: era nosso testador de rede gigante.
Levávamos ele pelo prédio até o ponto que queríamos testar. Se logasse na rede, era sinal que estava tudo ok. Durou por um tempo até que compramos um testador de rede de verdade.

A batata podre
Ainda no assunto rede, houve um dia em que a rede toda entrou em pane, mas não sabíamos o porquê. O mais engraçado era que, de vez em quando, ela voltava à normalidade, para parar novamente um tempo depois. Levou um bom tempo para acharmos o culpado: a placa de rede de um computador que eu havia trazido para consertar. Era só espetar o bichinho que a rede ficava maluca. Talvez agora os switches modernos não deixem isso acontecer, mas que eu vi, isso eu vi.

O cabo que acabou com as placas
Outro fato inusitado foi quando um colega nosso montou um cabo de rede crossover às pressas e pediu para testar nos micros de dois outros colegas (ainda não tínhamos o testador). Não sei como ele montou os cabos, só sei que conseguiu queimar as duas placas de rede.

Moral das histórias: comprem um testador. :P

Comentários

  1. Na verdade os cabos não foram corretamente crimpados, de forma que os contatos do cabo estavam mais altos do que deveriam estar. Ao o ligarmos nas placas de rede, esses contatos elevados empurraram os contatos das placas e eles afundaram irreversivelmente. Isso as inutilizou, mas elas não estão queimadas. O pior é que eram placas onboard e novinhas, e que não puderam mais ser aproveitadas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas